Tomate. Todo mundo fala que é uma fruta, mas é um fruto, eu pesquisei e posso afirmar. Eu gosto de tomate, eles são vermelhos e redondos. Tem um ótimo gosto, e não faz mal a saúde. Comecei a comer por causa do meu pai, ele sempre me oferecia quando minha mãe fazia salada. Lembro-me daquele tomate gostoso que eu comi pela primeira vez. Tomate faz bem ao sangue, e a pele, mas acho que ultimamente não venho comendo muito, meu sangue está fraco, e minha pele não é tão boa. Acho que vou começar a comer de novo. Dá pra chutar um tomate quando ele cai, só não podemos chutar mais de uma vez, ele se estoura muito rápido. Dá até pra fazer malabares com tomates, só que eu não sei fazer malabares, é muito difícil. Falando assim de tomate, percebo que amo tomate. Minha relação com o tomate é tão boa, acho até que vou começar a tratar as pessoas como um tomate. Vou tentar ver todo mundo vermelho e redondo. Espero que ninguém esteja fedendo perto de mim, não quero ver um tomate fedorento. Estou pensando seriamente em comer um tomate quando levantar daqui, quem sabe eu não planto um pé de tomate hoje mesmo. Acho que vou comprar um tomate, até mais… Mentira, não vou comprar, já tem aqui. Vou pedir a minha mãe, eu acho. Mas eu nem to com fome. Acho que amanhã no almoço eu peço a minha mãe pra fazer uma salada, com muito tomate. Eu vou ter que amar todo mundo, por que todos vão ser um tomate. Acho que vou ver minha família e meus amigos como um tomate mais vermelho e suculento, assim eu vou ama-los mais. Os outros vão ser tomates normais, vai ter até alguns verdes, mas não faz mal. Eu amo tomate, você ama tomate, eu sei que você ama.
—  Induzido.
Talvez você não acredite, mas há pessoas que passam a vida sem o menor atrito ou agonia. Eles se vestem bem, comem bem, dormem bem, estão satisfeitos com a vida em família. Eles têm momentos de melancolia. Mas, no geral, não são incomodados e, frequentemente, sentem-se muito bem quando morrem. É uma morte fácil. Geralmente, dormem. Talvez você não acredite, porém essas pessoas existem. Mas eu não sou uma delas. Ah não, eu não sou uma delas. Eu nem chego perto de ser uma delas.
—  Charles Bukowski
P